Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Especial Música: Always Woodstock

por Glória, em 01.10.15

transferir.jpg

 A comédia romântica/musical que vos trago hoje Always Woodstock conta a história de uma jovem compositora órfã que após debater-se com algumas adversidades volta a viver na pequena cidade dos seus pais (Woodstock) para recomeçar a vida. Escrito e realizado por Rita Merson este filme conta com Allison Miller, Katey Sagal, Rumer Willis and James Wolk.

Confesso que o filme não é grande coisa, é aceitável! A história é um tanto comum, o que mais gostei foram as músicas (claro) e também alguns planos, adoro o ambiente de cidade pequena. Não foi bem aceite pela crítica nem foi sucesso de bilheteiras, mas abro aqui um parêntesis para voltar a referir a verdadeira intenção da minha lista de filmes. Com certeza que a técnica e componente artística contam mas os filmes que entram para esta lista são aqueles que me fazem sentir algo, histórias que durante os 90-120 minutos me transportam para uma nova dimensão!

 

Boa sessão!

 

 

"There's always Woodstock"

 

Classificação: 

Faltam: 880 filmes. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:46


5 to 7

por Glória, em 25.07.15

transferir.jpg

 Hoje trago-vos a história de amor nada convencional de 5 to 7. Um escrito e realizado por Vitor Levin e estrelado por Anton Yelchin (Sou suspeita para falar deste actor, até agora não tem decepcionado em nada, é sempre um espectáculo vê-lo actuar), Bérénice Marlohe, Lambert Wilson, Frank Langella e Glenn Close.

Este romance/drama conta a história de um jovem escritor nova iorquino (Brian Bloom) que se apaixona por uma bela mulher francesa (Arielle). Que por sua vez é casada e mãe de dois filhos. Contudo, tem um acordo com o marido, que lhe permite ter affair das 5 às 7 da tarde. É um filme simples, mas com muito carisma. Os actores são fantásticos, o guião maravilhoso e os planos, bem o que dizer sobre os planos já que como sabem se passa na minha cidade preferida!!! 

Ah! Uma das coisas que mais me chamou a atenção foi o facto de durante o filme mostrarem mensagens dos bancos do Central Park. Eu achava que eu era a única obcecada por essas mensagens .

Espero que gostem!

 

 

" Some of the best writing in New York won't be found in books, or movies, or plays, but on the benches of Central Park. Read the benches and you understand."

"I will promise you this. Your favorite story, whatever it might be was written for one reader."

 

Classificação:

Faltam: 854 filmes. 

 

P.S - Não consegui escolher apenas uma fala que representasse o filme, culpada!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:42


A Idade de Adaline

por Glória, em 26.06.15

The-Age-of-Adaline-posters.jpg

 Faz tempo que não escrevo o que sinceramente deixa-me muito triste mas não tenho tido muitas oportunidades para sentar e escrever, nem tenho visto muitos filmes ultimamente...

Mas para quebrar a ausência hoje trago-vos uma surpresa! Para mim foi uma surpresa (boa). Sabem aquele tipo de filme que tem tudo para não gostarem mas no fim revela-se uma... uh! faltam-me palavras. Revela-se um filme mágico, envolvente e simplesmente lindo na sua própria forma de ser. Foi exactamente o que aconteceu com A Idade de Adaline.

Este romance/fantasia/drama de 2015, do realizador Lee Toland Krieger conta a história de uma jovem mulher, Adaline Bowman, que depois de ter sofrido um trágico acidente não volta a envelhecer um dia. E após anos de uma vida solitária e repleta de segredos Adaline conhece um jovem que vem complicar mais a sua vida.

Estrelado por Blake Lively, Michiel Huisman, Ellen Burstyn e ainda Harrison Ford, este filme leva-nos a um passeio pelo tempo desde o início do século XX até aos dias de hoje com um toque de doçura e fantasia que torna o cliché do romance menos frívolo.

É de ressaltar também a participação de Blake, que está lindíssima na pele de Adaline mas que neste filme ela mostra-nos um lado diferente e mais maduro que só vem confirmar que os dias de Serena van der Woodsen estão definitivamente acabados!

 

 

"Tell me something that I can hold on to forever and never let go"

 

Classificação:

Faltam: 855 filmes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:53


About Time

por Glória, em 28.01.15

transferir.jpg

Todo mundo está sempre preocupado com o tempo e porquê? - É um recurso escasso, finito, o nosso bem mais preciso! Mas e se de repente descobríssemos que temos um tempo extra na vida, que podemos reviver vários momentos e até mudarmos o rumo das coisas?

É esse exactamente a história do filme que vos trago hoje, About Time é uma comédia romântica que conta com Domhnall Gleeson, Rachel McAdams e Bill Nighy nos papéis principais e conta a história de Tim, um rapaz normal e um tanto trapalhão que aos 21 anos descobre que tem um poder especial, viajar no tempo.

Do realizador Richard Curtis esse filme é simplesmente um encanto, com leves pinceladas de amor e humor que o tornam leve e divertido. Há muito tempo que estava na minha lista de filmes por ver (é um filme de 2013) e ainda bem que o vi hoje!

 

Classificação:

Faltam: 858 billfilmes.

 

 

 

"Try to live every day as if I've deliberately come back to this one day, to enjoy it, as if it was the full final day of my extraordinary, ordinary life."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:05


A Culpa é das Estrelas

por Glória, em 25.07.14
A culpa

"Voçe vai rir, vai chorar e vai querer mais."

São essas as nove palavras que melhor descrevem e resumem a história que vos trago hoje, A Culpa é das Estrelas.

Este ano uma das maiores histórias de amor da literatura moderna passou para o grande ecrã, sob o olhar de Josh Boone e estrelado por  Shailene Woodley, Ansel Elgort,  Nat Wolff e Willem Dafoe.

Este romance baseado no livro de John Green conta a história de Hazel Grace e Augustus Waters, dois adolescentes com cancro que encontram um no outro um amor infinito.

O filme é tão bom quanto o livro, apenas fiquei um pouco disiludida com a escolha do actor Ansel Elgort para o papel de Augustus. Pois, Augustus tem uma certa imagem, uma aura, um não sei o quê que Ansel quase chegou a conseguir. 

As falas são do melhor que há, como há sabedoria nessa história!

Estou absolutamente encantada e como prometido, pela segunda vez, eu chorei, ri e fiquei com aquele gostinho de quero mais...

 

 

 

"Alguns infinitos são maiores que outros."

 

 

 

Classificação:{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}

Faltam: 864 filmes.

 

P.S Nucna foi tão difícil escolher a melhor frase do filme.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:19


Mais sobre mim

foto do autor